Blog do Carioca - Alexandre Ribeiro
   FERRAMENTA



Escrito por Alexandre Ribeiro (O Carioca) às 12h20
[] [envie esta mensagem] []


 
   RELIDADE X FANTASIA

O índice real e confiável, e não aqueles que o Parini andou divulgando, diz que a gestão do petista colocou a cidade de Jales no 6º lugar com conceito D no estado de São Paulo, inferior a 0,4 pontos. No geral, segundo a conceitadíssima Firjan, Jales está em 280ºlugar entre as cidades paulistas e em 1515º de todo o Brasil. Segundo aquele prêmio que o Parini divulgou, Jales estaria entre as CINCO melhores administrações do Brasil.

Quem quiser conferir a classificação completa pode clicar AQUI

O índice Firjan foi divulgado neste fim de semana e mostra que a maioria dos município brasileiros vai mal das pernas financeiramente. Apenas 2% deles alcançou situação de excelencia fiscal. 

Em sua estreia, o IFGF avaliou 5.266 cidades brasileiras, onde vive 96% da população. Dos 5.565 municípios do país, 297 não apresentaram seus dados fiscais ao Tesouro Nacional até o fechamento do trabalho, em setembro do ano passado. São 43 municípios da Bahia, 34 do Pará, 33 de Minas Gerais, 29 do Piauí, 23 do Maranhão, 22 de Goiás, oito do Rio de Janeiro, além de 105 de outros 19 estados brasileiros. Grande parte das prefeituras brasileiras (43,7%), precisamente 2.302 municípios, foi avaliada em situação de dificuldade, enquanto 1.045 cidades (19,8%) aparecem em gestão crítica. Outras 1.824 prefeituras (aproximadamente 33%) apresentaram gestão fiscal boa, enquanto apenas 95 municípios no país ganharam conceito de excelência,O município de Santa Isabel, em Goiás, lidera o ranking nacional como a cidade com melhor eficiência na gestão fiscal: 0,9747 pontos. O estado de São Paulo tem seis municípios entre os dez melhores, lista em que Minas Gerais, Paraná e Pará também têm representantes.Completando o ranking Top 10, portanto, aparece em segundo lugar Poá (SP), seguida de Barueri (SP), Jeceaba (MG); Piracicaba (SP); Caraguatatuba (SP); Ourilândia do Norte (PA); Maringá (PR); Birigui (SP) e Paraibuna (SP).

Municípios do Nordeste predominam na lista dos dez piores. No ranking, em ordem decrescente, estão Pindoba (AL); Porto da Folha (SE); Conceição (PB); Lagoa de Dentro (PB); Buerarema (BA); Teixeira (PB); Conselheiro Mairinck (PR); Ibirataia (BA); Piaçabuçu (AL) e Ilha Grande (PI), pior gestão do país.Ao contrário do que se poderia esperar, as capitais não apresentaram preponderância sobre os resultados brasileiros. Apenas sete ficaram entre os 500 melhores resultados do país no IFGF 2010. São elas: Porto Velho (0,8805), Vitória (0,8423) e Porto Alegre (0,8017), únicas capitais avaliadas com gestão fiscal de excelência, seguidas por São Paulo (0,7797), Curitiba (0,7684), Campo Grande (0,7617) e Florianópolis (0,7210). Os três últimos lugares no ranking das 26 capitais ficaram com Natal (0,4519), Macapá (0,4404) e Cuiabá (0,3713).São Paulo garantiu o quarto lugar entre as capitais brasileiras devido a notas máximas em duas das cinco variáveis pesquisadas: Receita Própria e Gasto com Pessoal. O que se observa é que a gestão fiscal do município foi bem-sucedida ao transformar seu potencial de arrecadação em recursos para os cofres municipais.

Na faixa intermediária do ranking das capitais, com desempenho geral bom (conceito B), Belo Horizonte (12° lugar) e Rio de Janeiro (14°) são exemplos de que ter elevado nível de arrecadação tributária não é garantia de bons resultados nos demais indicadores.

Na capital mineira registrou-se dificuldade na execução dos restos a pagar e elevado custo de endividamento. Já para a capital fluminense, além das despesas com juros e encargos da dívida, pesou o histórico de elevados gastos com a folha de salários. Em contrapartida, a cidade do Rio de Janeiro registrou uma situação de liquidez confortável, na qual os ativos financeiros superaram com folga os restos a pagar acumulados em 2010.No último lugar do ranking encontra-se Cuiabá (0,3713 pontos), o pior resultado entre as capitais brasileiras e a única a apresentar conceito D, de gestão crítica, no resultado geral. Outras informações aqui na página da FIRJAN

Me engana que eu gosto.
Em quem acreditar?



Escrito por Alexandre Ribeiro (O Carioca) às 12h10
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, JALES, CENTRO, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Cinema e vídeo, Música
MSN -

Figura1
    follow me on Twitter
    HISTÓRICO


      CATEGORIAS
      Todas as mensagens
       Link



      OUTROS SITES
       Rádio Regional Fm
        Blog do Reinaldo Azevedo - o maior do Brasil
       Prefeitura de Jales
       Câmara Municipal de Jales
       Revista VEJA
       G1 - Site de notícias da Globo.com
       Folha de São Paulo
       UOL - O melhor conteúdo
       Estadão
       Fotógrafo Divaldo Moreira
       Lúcia Hipólito
       Tudo Rádio
       Revista Época
       Blog do Fábio Fiorani - Jales
       Folha Noroeste
       Jornal de Jales
       Rubens Edwald Filho
       PREVISÃO DO TEMPO
       Blog do Josias de Souza
       Blog Radar
       Augusto Nunes
       Diocese de Jales
       Blogo do Macetão
       Blog da professora Ayne Regina Salviano
       Blog do Poletto